CBAEM 2015, , , " />

Blog da SBEM
Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia

CBAEM 2015: Resenha Científica – Obesidade e Demência

Simpósio CBAEM 2015 – Obesidade e Demência

Na manhã da quarta 12/08 ocorreu o Simpósio “Obesidade e Demência“, com a moderação do Dr. Albermar Harrigan (ES), presidente do CBAEM 2015, e da Dra. Juliana Peixoto (ES).

A Dra. Fernanda Felice (RJ) iniciou sua apresentação “Defeito de sinalização de insulina na Doença de Alzheimer” com uma retrospectiva histórica da associação entre diabetes e demência, com foco na Doença de Alzheimer. Citou estudos recentes que demonstram a correlação mesmo em idades precoces, em pacientes com diabetes tipo 1, e o impacto populacional no futuro. Os mecanismos incluem alterações no hipotálamo e hipocampo, resistência à insulina em nível cerebral e formação de placas amiloides.

A Dra. Cintia Cercato (SP), presidente da ABESO, apresentou a palestra “Demência e Obesidade”. Fez um resumo sobre o espectro da disfunção cognitiva que antecede o quadro mais clássico da demência. Depois apresentou dados de associação epidemiológica da obesidade como fator de risco para a Doença de Alzheimer, incluindo estudos que demonstram redução de volume cerebral em obesos. A importância da dieta também foi ressaltada na apresentação. Ela citou estudos que demonstram a possibilidade de prevenção da demência a partir de um melhor controle metabólico, através da combinação de uma rotina de atividade física associada a um plano nutricional adequado. O aumento da atividade metabólica cerebral induzida pelo excesso de peso poderia ser revertida com intervenções, como a cirurgia bariátrica.

O Dr. João Eduardo Salles (SP), vice-presidente da SBEM e presidente da Comissão Científica do CBAEM 2015, apresentou o “Tratamento Atual e Perspectivas no Tratamento da Demência”. Ressaltou o crescimento da incidência de demência e de diabetes em todo o mundo, particularmente no Brasil. Analisou as evidências das principais intervenções farmacológicas e não-farmacológicas de tratamento da demência. Ressaltou a importância do tratamento da depressão associada à demência, que pode piorar muito o quadro quando não é alvo de adequada abordagem. Foi enfático de que a perda de memória e cognição não é algo inerente ao envelhecimento, e que deve ser sempre investigada. Fez uma revisão sobre a eficácia dos inibidores de acetilcolinesterase, drogas usadas atualmente para o tratamento da demência. Demonstrou ainda estudos com medicações relacionadas ao diabetes, como insulina inalada por via nasal e análogos de GLP-1, sugerindo efeitos benéficos em quadros de demência.

A discussão após a palestra centrou-se na aplicabilidade prática destes novos conhecimentos, sendo ressaltado que alguns dados ainda não estão validados para uso clínico no momento.

Joaquim Custódio Jr.

Presidente da SBEM Bahia
Membro da Comissão de Novas Lideranças da SBEM


Posted by admin on agosto 12th, 2015 :: Arquivado em CBAEM 2015,Obesidade
Tags :: , , ,
Você pode deixar uma resposta, ou fazer uma referência em seu próprio site.

Deixe seu comentário

Digite seu comentário abaixo: